quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Decisões



A nossa vida é feita de contínuas decisões. Vamos por aqui e não por ali. Queremos isto e não aquilo. Optamos por esta solução e não por outra. E, porque assim é, há os conflitos do costume, as zangas e as amizades que todos temos. E é neste caldo que, para o melhor e para o pior, tomamos decisões tão inquietantes. Depois, os tempos dirão sempre se foi certo ou errado. Há tantos imponderáveis que ditam a decisão acertada. É sempre o futuro, afinal, que esclarece e não a nossa cabeça, porque como se sabe, cada cabeça, sua sentença.

Esta tela é a representação de um espaço onde há lugar para o pensar. Aqui as decisões podem ser ponderadas e, no entanto, por muito que se pense o desfecho é quantas vezes uma incógnita. Tal como a vida de cada um. Esta pintura em tons cinza procura conferir profundidade num ambiente onde a natureza ocupa o seu lugar timidamente. História da Minha Pintura.

E recordo hoje as palavras de Bertold Brecht, in “Um Homem é um Homem”:
"-De todas as coisas seguras, a mais segura é a dúvida.”

2 comentários:

  1. Olá!
    Cheguei aqui através do facebook, gostei e vou voltar com mais tempo...
    Bj
    Mena

    ResponderEliminar